(51) 98181.8384

Notícias

Massagem Terapêutica

Saiba mais +

24
Out/2017

Drenagem linfática na gravidez é seguro? Tire todas as dúvidas

Saiba mais +

20
Out/2017

Manthus: melhora da celulite e redução da gordura localizada

Saiba mais +

19
Out/2017

Endermologia -Tratamento eficaz para eliminar a celulite

Saiba mais +

16
Out/2017

Mulheres de 50 anos se beneficiando do método Pilates nas disfunções do assoalho pélvico

Saiba mais +

18
Set/2017

Drenagem Linfática Pós-Operatória

Saiba mais +

13
Set/2017

Miriam Fagundes - Fisioterapeuta Pós Graduada em Pilates e Treinamento Funcional - Trabalho de Conclusão de curso - NOTA 10

Saiba mais +

27
Jun/2017

Dores Posturais: Tratamento com RPG e Pilates

Saiba mais +

20
Mar/2017

Massagem Terapêutica

Fonte:

“A Massagem terapêutica tem sido estudada cientificamente por muitos anos. Tem apresentado muitos efeitos positivos em uma variedade de condições de saúde. Teve suas raízes com Pehr Henrique Ling em 1813, ganhou força e maior arsenal terapêutico com o Dr. Mezger da Holanda. A partir da massagem terapêutica, diversos profissionais e o próprio público em geral, passou a mudar o olhar com relação a profissão. Em 1916, com as pesquisas sobre efeitos fisiológicos o Dr. Mennell, reconhece os benefícios e efeitos já ditos por Ling 100 anos antes.

 

Tais efeitos eram: mecânicos, fisiológicos e Reflexos. Em 1950, Gertrud Beard propõe seu próprio método de massagem Terapêutica, fugindo das propostas de Ling, Mezger e Mennell, entretanto, a massagem dita terapêutica, possuía um arsenal próprio, com princípios e praticas especificas. Muito utilizado por médicos e práticos esse sistema ficou com os massoterapeutas.

 

Há muitos aspectos positivos da massagem. Um dos mais importantes benefícios da massagem é um aumento da circulação, que podem acelerar a cura e melhorar a recuperação, que foi preconizado por Ling em 1813. Outro aspecto é o conhecimento da natureza dos tecidos, campo especifico da massoterapia, onde a massagem terapêutica ganha respaldo.

Preconizado por Boris Chaitow, Stanley Lief e Cyriax.

 

Hoje em dia, pesquisas científicas mostram claramente muitos benefícios da massagem na nossa saúde e bem-estar, dentre elas:

 

Benefícios da Massagem

 

• Alivia o stress e promove uma sensação geral de relaxamento, ajudando você a respirar e se mover mais facilmente

• Alivia a dor e a tensão, e ajuda a gerenciar melhor a dor

• Reduz a inflamação

• Promove a rápida recuperação de lesões (trabalho, trauma, acidente ou desportivas)

• Aumenta a mobilidade e permite uma maior flexibilidade articular e amplitude de movimento

• Melhora a circulação

• Melhora e fortalece o sistema imunológico

• Alivia problemas oste-omusculares e melhora a postura

• alivia os desconfortos da gravidez

• Reduz a ansiedade e promove uma sensação geral de bem-estar

• Aumenta a consciência corporal

 

Massagem terapêutica e Condições de Saúde

 

Além de ser muito eficaz no alívio do stress, há muito a pesquisa científica que mostra como a massagem pode ajudar com uma variedade de condições de saúde, incluindo:

 

• Ansiedade e depressão

• Artrite

• Dor nas Costas

• Síndrome do túnel cárpico

• A dor crónica e aguda

• problemas circulatórios

• Depressão

• desordens digestivas

• Fibromialgia

• Doenças músculo-esqueléticas

• Dor

• Distúrbios do Sono

• Lesões desportivas

• Stress

• Tendinite

 

Segundo Tifany Field do Instituto do Toque em Miami, a massagem terapêutica possui escopo de estudo especifico e requer dedicação por parte do terapeuta. Nela são encontradas as seguintes técnicas: DLM, massagem sueca modificada, técnicas de fricções diversas, manobras de compressão, cinesiologia e etc.

Os terapeutas de massagem irão usar uma variedade de técnicas para promover a cura e relaxamento, bem como promover uma maior flexibilidade e amplitude de movimento. Quando um grupo específico do músculo está lesionado ou contraturados, outros músculos ao redor da área afretada também ficam atingindos em resposta a ferimentos ou contracções.

 

É necessário também estudo sobre miologia, que é fundamental para formação do profissional. Segundo L.Chaitow a massagem terapêutica foi o sistema que mais elevou a profissão em todo o mundo, mas requer treinamento nos fundamentos suecos e da anatomia e fisiologia sem deixar o estudo de patologias. Não podemos aceitar a massoterapia sem escopo de estudo com carga horária de anatomia e fisiologia, sem levar em consideração matérias como biossegurança, orientação em saúde, citologia e histologia…

Massagem terapêutica é área de saúde e, portanto, com formação técnica.”

 

FONTE: Sentir Bem Estar

 

Na Fisiobeauty a massagem terapêutica é executada por fisioterapeuta, com aplicação prévia de quiropraxia e manobras de liberação miofascial, agende sua sessão pelo what's up 981818384 e aproveite!!

www.fisiobeautypilates.com.br

Drenagem linfática na gravidez é seguro? Tire todas as dúvidas

Fonte: Delas - iG

A massagem é indicada a partir do terceiro mês de gestação e diminui a retenção do líquido, amenizando dores e desconfortos do período

Inchaço nas pernas e nos pés, cansaço e dores na lombar são alguns dos sintomas que as mulheres enfrentam quando estão passando pela gravidez . Além de garantir uma alimentação saudável e equilibrada, algumas mulheres recorrem à drenagem linfática manual para amenizar os incômodos e desconfortos da gestação. Mas será que a técnica é segura?

 A drenagem linfática manual é indicada a partir do  3º mês gestacional por amenizar os incômodos e desconfortos do período

Sim, se realizada com todos os cuidados necessários. De acordo com esteticistas e obstetras, a drenagem linfática pode ser extremamente benéfica para as gestantes, amenizando as dores e a retenção de líquido e, consequentemente, diminuindo o inchaço comum da gravidez. 

Segundo as esteticistas Mariana Braga e Marcelle Correa, isso acontece porque essa é uma técnica de massagem  acelera o processo de drenagem pelo sistema linfático, mobilizando da linfa até os gânglios linfáticos, eliminando assim o excesso de líquido e toxinas. 

Retenção de líquido

Durante a gestação há um aumento da produção hormonal que é responsável por várias modificações estruturais e musculares, consequentemente o corpo feminino passa a reter bastante líquido.

“Alguns desses hormônios são essenciais para a gravidez e atuam reabsorvendo sódio, que é um dos maiores responsáveis pela retenção de líquido”, dizem as esteticistas. Nessas condições, o corpo da gestante tem um aumento de 30% a 50% do volume sanguíneo.

Luiz Fernando Leite, obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, explica que essa retenção de líquido é proporcional à idade gestacional da mulher. “A drenagem ajuda a eliminar esses líquidos e contribui ativamente para a recuperação da saúde física e estética da gestante”, explicam as esteticistas. 

Além da drenagem, Luiz Fernando sugere a prática de atividades físicas e manter a hidratação do corpo para amenizar os sintomas de desconforto.

Como a técnica é feita?

A técnica da drenagem linfática é realizada por profissionais habilitados e consiste em fazer manobras lentas, leves e rítmicas no corpo da gestante, estimulandos os linfonodos, responsáveis pela absorção da linfa. Dessa forma, ajuda-se a eliminar o líquido retido e, consequentemente, diminuem-se os desconfortos causados pelo inchaço. 

Segundo as esteticistas, as manobras não variam conforme os meses de gestação e são feitas em braços, pernas, pés e costas da mulher. “Não drenamos o abdômen e para drenar a parte de posterior da coxa a gestante fica de lado”. Não há um limite de sessões a serem realizadas, e elas podem ser feitas todos os dias.

É importante ressaltar que os efeitos podem ser sentidos na hora ou algumas horas após a sessão. Como saber se deu resultado? Além da diferença no espelho, a grávida sentirá muita vontade de fazer xixi, já que o líquido retido é eliminado pela urina.

Benefícios

A técnica tem inúmeros benefícios para a gestante. Além da redução do líquido retido no corpo, a drenagem linfática atua no corpo de forma a melhorar a oxigenação dos músculos.

A técnica de massagem melhora a oxigenação dos músculos, previne e combate varizes e diminui as dores do corpo

A drenagem também ajuda a mulher a relaxar, estimula a lactação, prepara as mamas para a amamentação, previne e combate varizes, celulite e estrias. Luiz Fernando comenta que a massagem também diminui as dores do corpo, principalmente de pés, pernas e lombar.

Existem algum risco ou contraindicação? 

Apesar de oferecer inúmeros benefícios para o bem-estar da gestante, a massagem feita na drenagem linfática também apresenta alguns riscos e contraindicações. O médico e as esteticistas explicam que as contraindicações são no caso de gravidez de risco, hipertensão descontrolada, insuficiência renal, trombose venosa profunda e doenças relacionadas ao sistema linfático.

De acordo com Luiz Fernando, mulheres com a placenta baixa ou gravidez de gêmeos devem ter o caso analisado individualmente pelo obstetra, já que nessas condições específicas o risco de sangramento pode ser maior. Além disso, mulheres com diabetes, hipertensão ou varizes devem evitar a técnica, uma vez que essas condições aumentam o risco de trombose. 

O cuidado também se estende aos meses de gestação. Segundo Mariana e Marcelle, a drenagem deve ser evitada nos primeiros três meses de gestação. O motivo para isso está no fato de que, quando estimulados, alguns pontos do corpo podem aumentar os riscos de aborto – que já são grandes nesse período. "São os meses que requerem mais cuidado", afirmam. 

“Os riscos sempre existem se a drenagem não for executada por profissionais habilitados”, acrescenta o obstetra. Por isso, caso você se interesse pela drenagem, é essencial buscar clínicas e profissionais com recomendações e bem preparados para atender gestantes com características específicas. 

Pós-parto

Os benefícios da técnica se estendem para o pós-parto, mas nesse momento alguns cuidados também são necessários. As esteticistas explicam que a gestante precisa ser liberada pelo obstetra para retornar às sessões. A liberação é importante porque mulheres com doenças relacionadas ao sistema linfático, insuficiência renal, trombose e hipertensão não controlada, por exemplo, não podem receber a drenagem.

Em casos de parto cesariana os obstetras recomendam esperar pelo menos trinta dias até voltar às sessões de drenagem.

A autorização do obstetra e tempo de repouso após o parto variam de caso para caso. No caso de parto normal, algumas mulheres são autorizadas logo após o nascimento do bebê. Luiz Fernando orienta esperar 30 dias para voltar com a drenagem nas pernas e 60 para receber no abdômen, principalmente quando o parto foi uma cesárea.

Mariana e Marcelle explicam que quando a mulher foi submetida a uma cesariana, os principais cuidados na hora da drenagem linfática são em relação à cicatrização da cirurgia – que pode demorar até um mês. “A profissional deve usar luvas e não pode fazer movimentos bruscos”, explicam. Além disso, de acordo com as esteticistas, a paciente pode usar o linfotaping , uma fita que encaminha a linfa para os linfonodos, 20 dias após o parto. “Mas tudo depois da autorização do obstetra”, afirmam.

 

Manthus: melhora da celulite e redução da gordura localizada

Fonte:

O resultado pode ser visto, geralmente, a partir da quinta sessão

Você, alguma vez, deixou de vestir uma saia ou um shorts mais curto, por considerar que essas peças deixariam aquelas indesejáveis celulites à mostra?!

Saiba que não é a única! Afinal, a lipodistrofia ginóide – popularmente conhecida como celulite – acomete mais de 90% das mulheres e é um dos principais motivos que as fazem procurar produtos e tratamentos que possam ajudar a combater ou, pelo menos, amenizar esses sinais na pele.

 

E, entre os métodos mais conhecidos para tratar o problema, destaca-se o Manthus que, além de prometer a melhora da celulite, atua na redução da camada de gordura do corpo.

 

Não é por acaso que o tratamento faz o maior sucesso, inclusive entre as famosas. Atrizes como Juliana Alvez, Isis Valverde, Cissa Guimarães e Paola Oliveira já declararam à imprensa que são adeptas da técnica.

 

Porém, nem todas as mulheres já tiverem o privilégio de realizar sessões de Manthus e usufruir dos benefícios estéticos que oferece. Mas, vale a pena se informar abaixo sobre a técnica e, se surgir o interesse, fazer uma avaliação em uma clínica de confiança para aderir ao tratamento!

 

O que é Manthus?

 

Ingrid Peres, fisioterapeuta dermatofuncional e gerente da área científica da Onodera Estética, destaca que o Manthus é um equipamento computadorizado, extremamente preciso e versátil, constituído por geradores de ultrassom e correntes. “Ele oferece um tratamento estético capaz de reduzir celulite e gordura localizada, além de ajudar na circulação sanguínea e no pós-operatório”, diz.

 

A fisioterapeuta dermatofuncional explica que o Manthus trabalha com as chamadas terapias combinadas, constituídas por um potente emissor de ultrassom, associado a um gerador de estímulos elétricos estereodinâmicas, bem como correntes polarizadas com grande penetração.

 

 

“As correntes estereodinâmicas aceleram o sistema linfático, diminuindo a célula de gordura e as toxinas que foram expulsas com a realização do ultrassom. As correntes polarizadas permitem que o aparelho realize a introdução de princípios ativos específicos para a redução de gordura localizada, celulite e flacidez de pele”, destaca Ingrid Peres.

 

Quantidade de sessões

 

De acordo com a fisioterapeuta Ingrid, o número de sessões – cada uma com 30 minutos – é indicado de acordo com a avaliação de uma consultora e deve focar o principal problema apresentado. “Geralmente, é sugerido um mínimo de 10 sessões, que são ajustadas de acordo com a evolução do tratamento”, diz.

 

A profissional acrescenta ainda que o resultado começa a ser apresentado, de forma geral, a partir da quinta sessão.

 

O valor de cada sessão gira de acordo com o número de sessões totais que serão feitas pela paciente, conforme explica Ingrid. Porém, vale destacar que os valores podem variar de acordo com a cidade/local onde será realizado o tratamento.

 

A opinião de quem já fez

 

Ana de Lima, 27 anos, dentista, diz que se considera magra, mas, como a maioria das mulheres, se incomoda com algumas regiões do seu corpo, onde acumula aquela “gordurinha difícil de sair”. “Fui a uma clínica estética e fiz uma avaliação, porque ainda não tinha ideia de que método eu gostaria de fazer. Expliquei tudo o que me incomodava e o tratamento mais indicado foi o Manthus”, relata.

 

Ana conta que viu ainda, na clínica, fotos de “antes e depois” de algumas pacientes e ficou impressionada com os resultados. “Uma dúvida que tinha era em relação à dor. Mas não senti nada demais, somente um formigamento, como se fosse um ‘choquinho’. Me explicaram também que a potência do aparelho é ajustada dependendo da sensibilidade de cada pessoa”, acrescenta.

 

“Fiz 10 sessões e senti mesmo que minhas calças jeans passaram a ‘entrar’ melhor em mim e minhas celulites já não estão mais tão aparentes. Aprovei o resultado e indico o tratamento para quem me pergunta”, finaliza Ana.

 

Contraindicações

 

Ingrid Peres explica que gestantes, pessoas com hipertensão, diabetes, feridas abertas, processos tumorais e alterações vasculares (trombose, tecido isquêmico) não podem aderir à técnica.

 

As demais, porém, interessadas em reduzir a gordura localizada, tratar a celulite e a flacidez da pele, têm bons motivos para buscar o tratamento!

 

Vale destacar que, como todo procedimento estético, a colaboração da paciente é fundamental. As sessões de Manthus devem estar associadas a uma alimentação saudável, ao consumo de bastante água e à prática de atividades físicas. Afinal, esses fatores estão intrinsecamente ligados e são o caminho certo para mulheres que buscam uma pele e um corpo mais bonitos.

 

Agende uma sessão pelo what's up 981818384

Endermologia -Tratamento eficaz para eliminar a celulite

Fonte:

A endermologia é um tratamento estético utilizada para eliminar a celulite e gordura localizada, especialmente na barriga, pernas e braços. O tratamento consiste em 'sugar' a pele, promovendo um deslizamento e descolamento da pele e da camada de gordura, da fáscia que recobre os músculos para melhorar a circulação sanguínea, eliminando a retenção de líquidos, moldando o corpo e tornando a pele mais brilhante e macia.

Normalmente, a endermologia é feita por um fisioterapeuta através com um aparelho específico de vácuo e ultrassom que estimula o fluxo de sangue, desmancha os nódulos de celulite e elimina as toxinas. No entanto, essa técnica também pode ser usada com ventosas de vidro ou de silicone sendo fácil de ser aplicada em casa, durante o banho, por exemplo.

Indicações para fazer endermologia


A endermologia é indicada para o tratamento da celulite, gordura localizada, tonificação da pele, silhueta mais delgada ou após a cirurgia plástica, por exemplo. Ela é muito útil para descolar uma cicatriz aderida, uma situação muito na cicatriz da cesariana, por exemplo.
Esta técnica ajuda ainda a desfazer as fibroses que são os tecido endurecidos que se formam por baixo da cicatriz ou após a lipoaspiração quando a região tratada fica com pequenas ondulações onde a cânula passou.


Como funciona a endermologia


A endermologia é uma técnica que consiste na realização de uma massagem vigorosa com um aparelho específico, que não causa dor e ajuda a eliminar a celulite. Esta técnica é bastante segura e deve ser feita por cerca de 2 meses para se obter resultados.


Quando surgem os resultados


Normalmente, os resultados da endermologia surgem após 10 a 15 sessões de 30 minutos, cerca de duas vezes por semana.


Contraindicações 


As contraindicações da endermologia estão relacionadas com o aumento da circulação e, por isso, está contraindicada no caso de trombose, infecções ou inflamações locais, problemas respiratórios, doenças renais e problemas no fígado, diabetes e problemas na circulação sanguínea.
Além destas contraindicações, as mulheres grávidas também não devem recorrer à endermologia.
Geralmente, a endermologia não causa complicações, sendo que após as sessões de endermologia, se pode sentir aumento da sensibilidade ou surgimento de hematomas, sendo que o terapeuta deve ser avisado.

Mulheres de 50 anos se beneficiando do método Pilates nas disfunções do assoalho pélvico

Fonte: Revista Pilates

Um dos marcos mais relevantes na vida de uma mulher é a fase do climatérico até a menopausa. A transformação é bastante importante e dependendo da forma como será encarada e cuidada trará consequência determinante para a qualidade no resto de sua vida.

E para isso, o primeiro passo é a informação. O conhecimento sobre seu corpo e como ele funciona, quais as disfunções e as modificações que esta etapa pode influenciar na sua saúde é de fundamental importância para o bem-estar.

As modificações atípicas de forma e freqüência das necessidades fisiológicas(urinária, defecação e relação sexual), devem ser observadas com cuidado e ter uma atenção especial.

Assoalho Pélvico

Os músculos do Assoalho Pélvico são compostos pelos músculos Cocígeo, Illococíneo, Pubococcígeo, Puboretal.

Este é o único grupo de musculatura transversal do corpo humano que suporta carga, sendo responsável por diversas funções: suporte dos órgãos abdominais e pélvicos, manutenção da continência urinária e fecal, auxílio na pressão intra-abdominal, na respiração e na estabilização do tronco.

Disfunções

As alterações uroginecológicas causam muitos danos à qualidade de vida das pessoas afetadas, trazendo problemas sócio-pessoal, diminuindo a auto-estima, podendo levar ao isolamento pessoal e até a depressão.

Conforme Fábio Borges, a incontinência urinária é o distúrbio mais evidente, assim como seqüelas de cirurgias plásticas genitais, incontinência fecal e gasosa, e como disfunções sexuais temos, anorgasmia, vaginismo, dispaurenia, dismenorreia, e também endometriose, tensão pré-menstrual (TPM) entre outras.

A predisposição genética, patologias orgânica e psicológica, obesidade, tabagismo, atividades de alto impacto, são fatores relacionados às disfunções. Pode ocorrer nos homens e nas mulheres, porém com uma incidência muito maior nas mulheres em 70%, em virtude de causas como gravidez, parto e desequilíbrios hormonais no pré e pós-menopausa.

Treinamento

Este programa de treinamento não tem a intenção de reabilitar disfunções graves de MAPs, porém pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento, na prevenção e promoção na saúde da mulher.

Para dar inicio ao treinamento é necessário esvaziar completamente a bexiga.

Os exercícios de abdução e adução dos mmii serão realizados com associação da contração dos períneos e ativação do power-house. 

Utilizaremos os seguintes acessórios: Ring-Flex, Bola e Bastão.

Em postura ortostática, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar estendendo as pernas e fechando o Ring-flex(aduzindo as pernas), contraindo simultaneamente o cóccix, púbis e os ísquios.

Em postura sentada na bola, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), contraindo simultâneamente o cocix, púbis e os ísquios.

1º tempo: Em postura sentada na bola, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), inclinando o tronco para trás contraindo simultaneamente o esfíncter anal. 

2º tempo: Em postura sentada na bola, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), flexionando o tronco para frente contraindo simultaneamente o esfíncter vaginal. 

3º tempo: Em postura sentada na bola, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), flexionando o tronco para o lado esquerdo e depois direito contraindo simultaneamente o esfíncter vaginal. 

Em postura sentada na bola, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), flexionando a báscula para o lado esquerdo e depois direito contraindo simultaneamente o esfíncter vaginal. 

Em postura deitada no Cadillac com bola sob os pés, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), elevando a pelve em movimento de ponte, contraindo simultaneamente o esfíncter vaginal, urinário e anal.

Em postura sentada na cadeira, preparar o movimento com inspiração e na realização expirar fechando o Ring-flex (aduzindo as pernas), contraindo simultaneamente o coccix, púbis e os ísquios.

Drenagem Linfática Pós-Operatória

Fonte:

Tratamento para melhor recuperação após cirurgia plástica, lipoaspiração, abdominoplastia, silicone, lifting, blefaroplastia e outras.
O pós-operatório bem feito é essencial para o bom resultado de uma cirurgia.

Muitas pessoas já sabem que após fazer uma lipoaspiração, muitos médicos indicam a famosa massagem de drenagem linfática.

Mas nós não estamos só falando de lipoaspiração e lipoesculturas. Muitas outras cirurgias estão nesta lista, como:

  • abdominoplastia e outras plásticas corporais, 
  • cirurgia de mamas como colocação de próteses de silicone, 
  • cirurgias faciais como lifting facial, 
  • cirurgia de pálpebras (a blefaroplastia), 
  • cirurgias reparadoras,
  • lipoescultura e lipoaspiração (lipo) e outras. 

As cirurgias corporais e faciais passam por algumas fases no pós-operatório:

Logo após a cirurgia é normal o aparecimento de inchaço e hematomas. O tratamento pós-operatório  consiste exatamente na diminuição destes edemas, na ativação da circulação, que diminui nos primeiros dias após a cirurgia, na oxigenação do tecido operado e na prevenção de fibroses.

Inicialmente são indicadas sessões de drenagem linfática e ultrassom, para diminuir edemas e ativar a circulação e oxigenação.

O inchaço diminui numa segunda fase, mas ainda permanece, mesmo que com uma intensidade menor, onde também pode ocorrer o início da fibrose e  o aparecimento de ondulações e enrijecimento no local operado. Nesses casos indicam-se além de drenagens linfáticas e ultrassom, sessões de endermologia para os casos de cirurgias corporais.

As consequências das cirurgias diminuem gradativamente porém não se deve interromper o tratamento nesse ponto. Nesse último momento, também pode ocorrer flacidez. Todos esses efeitos podem ser minimizados com o uso de equipamentos de ponta, como radiofrequência, eletroestimulação, Manthus, etc

Inicie seu tratamento pós-cirúrgico assim que seu médico liberar!

Em geral são indicadas de 10 a 20 sessões de drenagem linfática com ultrassom nesta primeira fase após a cirurgia, mas quem deve avaliar a necessidade de mais ou menos sessões é o seu médico e fisioterapeuta, conforme a evolução do seu pós-cirurgico. 

O ultrassom auxilia o processo de cicatrização, melhora a circulação sanguínea, aumenta a elasticidade da pele e ajuda a diminuir a dor.

A massagem de drenagem linfática é uma  massagem leve, que não causa dor. É exercida uma pequena pressão com os dedos, ou com as mãos, conforme a região do corpo. A pressão exercida segue sempre o sentido fisiológico da drenagem, ou seja, dos membros em direção ao corpo, ajudando os líquidos a seguirem o caminho linfático.

Esses procedimentos aceleram a recuperação,  evitam a fibrose, eliminam líquidos que causam inchaço e edemas, atenuam as cicatrizes e reestabelece a pele, devolvendo mais rapidamente a sua tonacidade natural.

Confira nossos tratamentos separadamente:

Drenagem Linfática Manual
Ultrassom
Manthus
Carboxiterapia
Endermologia
Radiofrequência

Além disso, não deixe de seguir as recomendações médicas de não fumar, evitar consumir álcool, ingerir muito líquido, tomar os analgésicos e antiinflamatórios prescritos. Em muitos casos é necessário usar cinta compressora (de 1 a 3 meses), evitar roupas muito justas pelo menos no primeiro mês e o mais importante, sempre tirar suas dúvidas e seguir as orientações de seu médico, lembrando que cada pessoa tem uma recuperação muito individual: uns tem mais dores que outros, mais ou menos inchaço e hematomas, a sensibilidade diferente, por isso o tratamento pós cirúrgico pode variar de caso para caso.

 Agende uma avaliação estética gratuita pelo telefone  ou what's up (51) 981818384

Conheça o que a Fisiobeauty tem para oferecer nos tratamentos pós-cirurgia plástica, pós-lipoescultura, pós-lipoaspiração, pós abdominoplastia, pós-blefaroplastia, pós-cirurgia de mama, pós-lifting facial, entre outras.

 

www.fisiobeautypilates.com.br

Miriam Fagundes - Fisioterapeuta Pós Graduada em Pilates e Treinamento Funcional - Trabalho de Conclusão de curso - NOTA 10

Fonte:

 

A FISIOBEAUTY FISIOTERAPIA E STUDIO DE PILATES tem a satisfação de comunicar que a Fisioterapeuta MIRIAM FAGUNDES, recebeu grau máximo, juntamente com sua colega Eliane Pedroso, em seu Trabalho de Conclusão de Curso - Pós Graduação em Pilates e Treinamento Funcional.

No artigo referente ao seu TCC intitulado " O MÉTODO PILATES NO FORTALECIMENTO DO ASSOALHO PÉLVICO COMO FORMA DE TRATAMENTO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA E PROLAPSO PÉLVICO: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA" foi avaliado pelo corpo de revisores da FACULDADE INSPIRAR, com sede em Curitiba - PR, recebeu parecer aprovado com nota final 10.

Nota do corpo de revisores:

"Parabéns aos alunos e ao orientador pelo excelente artigo desenvolvido. O tema do artigo é muito relevante e bem explorado na literatura, justificando a revisão. Escrita clara e concisa, detalhes na descrição dos resultados e metodologia são pontos fortes do artigo."

Dores Posturais: Tratamento com RPG e Pilates

Fonte:

O termo não parece tão usual, mas as dores posturais surgem com frequência na população e podem causar extrema fadiga local até a limitação pessoal de certas atividades corriqueiras.

 

DORES POSTURAIS SÃO CONSEQUÊNCIA DE PATOLOGIAS?

 

As dores posturais – como a própria denominação evidencia – estão mais associadas ao descuido com a postura durante as principais atividades realizadas pelo indivíduo. Mas também podem decorrer de algum problema mais sério na coluna vertebral, por exemplo.

 

Se você não adota uma postura correta no dia a dia, quer seja em casa, no trabalho, no lazer ou durante a prática de atividades de rotina (como dirigir) é bem provável que o mau hábito seja responsável pelo surgimento de desvios anormais na coluna.

 

Em sua estrutura, a coluna vertebral apresenta curvaturas consideradas fisiológicas, a saber: Lordose/cervical (convexa ventralmente); Cifose/torácica (côncava ventralmente); Lordose/lombar (convexa ventralmente); Cifose/pélvica (côncava ventralmente). Dentre as principais funções inerentes à coluna, podemos mencionar o suporte do peso do corpo; a proteção da medula espinhal e dos nervos espinhais; a promoção de maior flexibilidade ao corpo e também o papel fundamental na locomoção e na postura.

 

O problema surge quando ocorre um aumento desproporcional das curvas (normais) já existentes, gerando a hiperlordose ou a hipercifose, por exemplo ou ainda fazendo com que as curvaturas fiquem pouco evidenciadas (neste caso a coluna é reta).

 

DESVIOS E DORES POSTURAIS

 

Os desvios posturais, por sua vez, podem levar ao uso incorreto de outras articulações, como ombros, braços, quadris, joelhos e pés. Isso ocorre porque diante do desequilíbrio postural o corpo buscará, naturalmente, compensações a fim de manter o indivíduo em equilíbrio (o que, normalmente, também pode causar enrijecimento e encurtamento dos músculos). Além disso, os desvios posturais poderão acarretar, com o passar do tempo, pressão entre as vértebras, gerando as dores.

 

CUIDADOS PARA EVITAR AS DORES POSTURAIS

 

Existe uma postura correta para qualquer movimento que realizemos, inclusive, quando estamos em posição estática. Com a correria do dia a dia, nem sempre é possível obedecer a todas as regras, mas ainda assim podemos adotar o máximo de cuidado para não sobrecarregar os nossos músculos e articulações.

 

Manter a postura correta não é importante, apenas, para a boa aparência, alterações posturais desde a infância, por exemplo, já predispõem problemas na vida adulta. Daí a necessidade de prevenir hábitos incorretos de postura. Veja:

 

– Se você trabalha por muitas horas na mesma posição (seja ela sentada ou em pé), procure realizar alongamentos periódicos sempre que puder; levante-se e/ou caminhe um pouco nem que seja para tomar uma água ou o famoso cafezinho e procure obedecer às regras básicas de ergonomia em seu ambiente de trabalho.

 

– A prática de atividades físicas é bastante recomendada. Um exemplo é o Pilates, método de treinamento indicado para qualquer pessoa: tanto para quem deseja fortalecer a musculatura, quanto para quem tem sérios problemas de coluna. A técnica consegue, com seus equipamentos e atendimento personalizado, promover a melhora considerável dos pacientes. O resultado se torna eficaz porque o Pilates trabalha com a estabilização da coluna, que é o fortalecimento dos músculos profundos, responsáveis por manter as vértebras e seus componentes articulares na posição correta e, dessa forma, os exercícios ajudam a evitar diferentes problemas como: hérnias de disco, espondilólise, protrusão discal e os desvios posturais.

 

RPG - Reeducação Postural Global, Essa técnica de tratamento é muito efetiva para tratar dores e desvios posturais, trabalhando diretamente a musculatura tônica que é responsável pela manutenção da nossa postura, promovendo o realinhamento correto do corpo de uma maneira mais harmônica.

 

- Na nossa clinica Fisiobeauty indicamos um tratamento em conjunto Pilates + RPG, uma técnica complementando a outra. O indicado é realizar o Pilates 2x por semana e RPG 1x por semana,

 

– Cuidar do peso corporal é também uma atitude indispensável se você deseja evitar as dores posturais. O excesso de peso prejudica a manutenção de uma postura correta. Por isso, invista em uma alimentação saudável e equilibrada!